De uns tempos para cá, a Zumba se consolidou como uma das modalidades queridinhas nas academias do mundo inteiro. E não é somente por lá que ela faz sucesso, como também tem gente praticando a dança nas praças, praias, escolas de dança e até em casa.

Não é para menos! Além de acessível, envolvente e divertida, é uma modalidade que promete um alto gasto calórico e a consequente diminuição de peso e medidas.

Quer conhecer melhor a Zumba, saber quais são suas indicações e contraindicações, descobrir os benefícios para o corpo e conferir dicas para praticá-la com segurança e eficácia?

Veja tudo aqui!

O que é Zumba?

É uma modalidade de dança focada em aspectos fitness, ou seja, não tem apenas o intuito de entreter, mas também de manter o corpo bonito e saudável, queimando gordura, emagrecendo e moldando as formas.

Altamente animada e normalmente embalada por ritmos latinos, as aulas são gostosas e alegres, fazendo com que os alunos pratiquem os exercícios de forma intensa e mandem embora as calorias sem perceberem.

Vale destacar que os movimentos da Zumba trabalham diferentes áreas do corpo, principalmente os músculos do abdômen, braços e coxas.

Como a dança surgiu?

A Zumba foi criada na década de 90, quando o colombiano Beto Perez, personal trainer de várias celebridades, acidentalmente teve que improvisar uma aula de ginástica localizada em Miami, nos EUA.

Ele estava prestes a começar a aula convencional, mas esqueceu o CD. Foi aí que resolveu basear aqueles movimentos em coreografias fáceis, usando ritmos latinos.

A aula foi um sucesso, os alunos se sentiram à vontade e a Zumba rapidamente se espalhou por academias do mundo inteiro e através de videoaulas em DVD´s.

Como e quando chegou ao Brasil?

A Zumba chegou ao Brasil em 2011 e, como somos um país latino, a aula agradou imediatamente, tanto que, em pouco tempo, boa parte das academias brasileiras já estava oferecendo essa modalidade de dança.

Já no primeiro ano de atuação, aproximadamente 350 mil brasileiros se renderam à Zumba, juntando-se aos mais de 15 milhões de adeptos espalhados por 180 países. A quantidade de praticantes não para de crescer em terras tupiniquins.

Quais são os ritmos mais populares nas aulas?

As aulas de Zumba contam com uma grande variação de ritmos. Os mais populares são os latinos, como salsa, mambo, merengue, rumba, samba e kumbia.

Algumas academias também incluem samba, funk, hip hop, e até mesmo o brasileiríssimo axé. Inclusive, a cantora Cláudia Leitte é embaixadora da Zumba no Brasil e já lançou dois sucessos que invadiram as academias: “Largadinho” e “Portunhol”.

Outros cantores famosos envolvidos com o movimento Zumba são: Pittbul, Victoria Justice, Wicleff Jean e Sean Paul.

Quais são as variedades de Zumba?

Além da convencional, que a maioria das pessoas conhece, existem várias outras modalidades da dança. São elas:

  • Aqua Zumba: dança na água;
  • Zumba Gold: dança para a terceira idade, com aulas mais descontraídas;
  • Zumba Gold-Toning: dança também voltada para a terceira idade, mas com foco maior no condicionamento muscular;
  • Zumba In The Circuit: dança aliada aos treinos em circuito;
  • Zumba Kids: dança para crianças de 7 a 11 anos;
  • Zumba Kids Jr.: dança para crianças de 4 a 6 anos;
  • Zumbini: dança para crianças de 0 a 3 anos;
  • Zumba Step: dança utilizando o step como acessório;
  • Zumba Sentao: dança com a ajuda da cadeira;
  • Zumba Toning: dança  focada na definição e tonificação dos músculos, utilizando os Toning Sticks, que são acessórios parecido com as maracas.

Como é a aula?

A aula de Zumba costuma durar entre 45 minutos e 1 hora. Nela, um professor animado e dinâmico propõe sequências curtas de dança latina, com passos simples e fáceis de acompanhar.

O rebolado é a base da Zumba, no entanto, outros movimentos como os giros e saltos também fazem parte da dança.

Para concluir a aula, há sempre uma série de alongamentos, embalados também por um ritmo latino. É uma aula rápida, extremamente recompensadora e comprovadamente eficaz.

Quem pode praticar?

Não faltam boas razões para praticar Zumba, mas uma das principais é o fato da atividade ser prazerosa, fácil de manter e democrática.

De 8 a 80 anos, ativos ou sedentários, todos podem praticar Zumba, exceto nos casos de contraindicação médica. Essa modalidade é voltada para todas as idades e condicionamentos físicos!

Até as pessoas que querem ter um corpo bonito e saudável, mas não gostam dos exercícios habituais como musculação na academia ou exercícios no parque, têm boas chances de se darem bem na Zumba.

A propósito, não precisa saber dançar para praticar Zumba, pois ela é uma modalidade que valoriza a liberdade de expressão e movimento de cada um.

Quais são os benefícios da Zumba?

A Zumba traz muitos benefícios para o corpo e para a mente. Veja a seguir quais são as principais vantagens de se tornar uma praticante dessa modalidade:

  • Alto gasto calórico: uma aula de Zumba pode queimar entre 500 e 1000 Kcal em uma hora. Sem estresse, sem complicação e sem séries monótonas de exercício.
  • Aceleração metabólica: as aulas de Zumba misturam ginástica e dança, alternando assim os movimentos localizados e aeróbicos. Isso acelera o metabolismo e ajuda na queima de gordura.
  • Eliminação das toxinas: a Zumba contribui efetivamente na eliminação de gordura e também na retenção de líquidos, ou seja, diminui o inchaço.
  • Trabalho integral dos músculos: a Zumba gera um trabalho muscular completo. Ela recruta e atua sobre vários músculos corporais, apesar dos músculos inferiores serem os mais utilizados. A Zumba também envolve o abdômen, os braços e costas.
  • Melhora a saúde do coração: a Zumba é uma atividade que otimiza o sistema cardiovascular, elevando as batidas do coração e melhorando o fluxo sanguíneo.
  • Oferece facilidade e flexibilidade: Zumba fitness é uma modalidade prática, simples, acessível e flexível. Os exercícios não são complexos, não há rigor na execução e a atividade pode ser praticada em qualquer hora e lugar.
  • Eleva o astral: outro ponto vantajoso é o fato da modalidade elevar o astral. Como os ritmos latinos são contagiantes, eles aliviam o estresse e a ansiedade, além de combaterem o mau humor.
  • Interação e sociabilidade: quando praticada de maneira coletiva, a Zumba vira uma ótima oportunidade de conhecer e interagir com outras pessoas que estão buscando saúde, boa forma e qualidade de vida, assim como você.
  • Promove a diversão: quem dera se todas as atividades físicas pudessem ser encaradas com prazer, leveza e diversão. A Zumba alia entretenimento e exercício físico.
  • Ajuda na memória e coordenação motora: a coordenação ganha porque a Zumba mistura ritmos rápidos e lentos. Já a memória é otimizada porque os passos devem ser aprendidos para serem executados com mais fluidez da próxima vez.
  • Fortalece os ossos: além de trabalhar os músculos corporais, a Zumba fortalece os ossos, evita desgastes, melhora as articulações e até ajuda na correção postural.
  • Trabalha a sensualidade: a Zumba é uma dança sensual na essência, ajuda a combater a timidez e as coreografias criam uma atmosfera de paixão que faz com que as alunas despertem seu lado mais sedutor.
  • Melhora o equilíbrio e agilidade: entre giros, saltos e rebolados rápidos e lentos, as adeptas de Zumba desenvolvem a agilidade e equilíbrio. Os reflexos se tornam mais rápidos e as alunas ficam mais hábeis na execução dos movimentos.
  • Pode ser realizada praticamente em qualquer local: a Zumba quase não apresenta restrições de locais onde pode ser realizada. Inclusive, muitas pessoas optam por fazer as aulas em casa. Além dos DVDs, há até mesmo um app oficial da Zumba.

Como praticar?

A Zumba pode ser praticada de diferentes maneiras: com instrutores na academia, em casa, assistindo videoaulas em DVD´s ou internet, ou até mesmo em coletivos que se exercitam nas praças e outros locais públicos.

Para quem ainda está tímido para se exercitar em público ou não tem recursos para investir em academia no momento, as aulas online são excelentes opções para mandar o sedentarismo para bem longe e se exercitar de maneira divertida.

Veja a seguir algumas dicas para praticar Zumba e obter bons resultados:

  • Não basta apenas definir qual é o melhor lugar para praticar Zumba. Também é importante identificar qual é a variação da Zumba mais adequada para você, se é a Aqua Zumba, a Zumba Gold, a Zumba Step, etc.
  • Se você optar pela Zumba em academias, verifique se o instrutor é devidamente licenciado, pois isso garante a segurança das aulas, além de te dar acesso às coreografias atualizadas e inovações da Zumba Fitness.
  • Sabia que a Zumba também pode ser praticada através de aplicativos móveis e até mesmo jogos no Wii e Xbox? Isso representa muita flexibilidade e diversão, já que oferece a possibilidade de dançar em qualquer hora e lugar.
  • Ao iniciar as aulas, vá com calma. Não precisa ter pressa para se tornar a rainha da música latina! Comece se familiarizando com os ritmos mais populares e movimentos básicos.
  • Não tenha vergonha de se soltar! Movimente os braços e as mãos, rebole sem pudor e seja feliz. Quanto mais você se entregar à dança, melhores serão os resultados da Zumba!
  • Escolha roupas e sapatos apropriados. Prefira peças leves e que facilitem a mobilidade. Além disso, aposte em tênis maleáveis e com sistema de amortecimento. É indispensável, também, usar sutiãs com boa sustentação ou tops estruturados.
  • A Zumba é intensa e certamente você vai sentir sede e transpirar bastante. Sendo assim, para não ter que ir ao bebedouro entre todas as músicas, deixe uma garrafinha com água mais perto de você. Também tenha uma toalhinha por perto.
  • A Zumba é mais livre do que aquelas aulas em que os instrutores ficam monitorando os exercícios. Os bons resultados dependem mais do aluno que do professor. Desse modo, é importante que você seja disciplinada e aproveite a aula ao máximo.
  • Faça amizade com outros “zumbeiros”. Além de aumentar o grau de diversão, um praticante acaba estimulando o outro a seguir dançando.
  • Não desista na primeira aula. O primeiro contato com a Zumba pode parecer difícil e acompanhar os movimentos com perfeição se torna impossível. À medida que você participar das aulas, a memorização dos passos será inevitável.
  • Turbine o emagrecimento associando a Zumba a uma dieta balanceada. Vale a pena incluir alimentos termogênicos no cardápio, como a pimenta, canela e o gengibre. Suplementos saudáveis também são permitidos e indicados.
  • Use seus braços. É fato que a Zumba privilegia mais a parte inferior do corpo, mas se você movimentar bastante os braços durante a dança, eles também se beneficiam.
  • Boa parte dos resultados da Zumba para a autoestima, felicidade e bem-estar depende de atitude. Na Zumba, não precisa dançar igual aos outros. Seja você!

A dança realmente emagrece?

Sim! A Zumba atua como um bom coadjuvante na eliminação do peso e perda de barriga, justamente porque, como já dissemos, acelera o metabolismo e promove a queima calórica.

Mas tem um detalhe: a Zumba definitivamente não faz milagres no emagrecimento. Não adianta sair da aula de Zumba e comer um hambúrguer enorme e super gorduroso.

Um corpo magro e saudável depende 30% da prática de exercícios físicos e 70% da alimentação. Então fique de olho na qualidade e quantidade dos alimentos que você coloca no prato. Combinado?

É difícil praticar?

Não mesmo. É só querer começar! Até os que não possuem nenhuma habilidade nata para a dança podem ter uma boa performance “zumbando”.

Comparado às modalidades como balé, tango e danças convencionais de salão, os passos da Zumba são muito simples e fáceis de acompanhar. Você se diverte e ainda fortalece a musculatura, melhora o equilíbrio, alivia as tensões e gasta muitas calorias. Não é demais?

Para completar, o custo-benefício é ótimo, já que as aulas normalmente são baratas, além de não requererem roupas e equipamentos caros.

E aí, você gostou de conhecer a Zumba mais a fundo? Já praticou essa modalidade de dança alguma vez na vida? Como foi a sua experiência como “zumbeiro”? Compartilhe as suas impressões conosco nos comentários. Até a próxima e continue acompanhando as novidades do nosso blog!

Mais disposição com GreenCoffee Slim!

Comentários

Comentários