Fazer os trajetos do dia a dia de bike é uma opção que beneficia a sua saúde e a sua cidade. Se você tomou essa decisão recentemente, logo vai sentir as melhorias no seu cotidiano. Mas antes de pedalar, lembre-se de tomar alguns cuidados para garantir a segurança no seu trajeto. Conviver com o trânsito das cidades pode ser um desafio.

Fique visível

Para que você seja visto pelos motoristas, cole adesivos reflexivos na sua bike, capacete e até na jaqueta que você costuma usar. Principalmente à noite, essa sinalização é fundamental ao andar na cidade e representa uma medida essencial para te prevenir de acidentes. Sinalizadores e lanternas de led piscantes também são interessantes para usar a noite, e custam menos do que um jantar sofisticado.

Use mapas

Costumamos pensar nos caminhos utilizando as grandes vias da cidade, que interligam diversos bairros. Escolher trajetos alternativos, com menor circulação de ônibus e limite de velocidade reduzido vai te trazer mais segurança, além de propiciar pedalar diante de uma paisagem diferente e mais bonita. Para isso, recorra aos mapas, GPS’s para buscar caminhos alternativos. Ou então utilize as ciclovias e ciclofaixas, se sua cidade tiver essas opções.

Ande na mão correta

O risco de uma colisão ao encontrar um carro de frente é muito maior, pois a velocidade do choque é a soma dos dois veículos. Diante disso, procure sempre andar na mão correta para garantir que você seja visto pelos motoristas e que os impactos serão minimizados.

Dê a preferência

Muitas vezes, é difícil ver a bicicleta na via, principalmente em cruzamentos. Para ônibus e veículos de grande porte, então, esse ponto cego aumenta tornando o risco ainda maior. Por isso, prefira sempre parar e dar a passagem. A probabilidade é que você seja menor e que saia perdendo numa possível colisão.

Não tenha pressa

Andar entre os carros é sempre muito arriscado, embora seja tentador evitar o trânsito aproveitando o vão entre veículos. Além de estar encurralado caso o tráfego volte a circular normalmente, você ainda está exposto às motocicletas, que também podem escolher passar por essas brechas — mas em uma velocidade muito maior do que a sua. Sendo assim, seja paciente e não tenha pressa ao sair pedalando por ai. A sua segurança é mais importante!

Respeite os pedestres

Já que as vias te expõem a muitos riscos, é comum decidir pedalar nas calçadas, o que prejudica os pedestres. Para evitar acidentes, prefira sempre as ciclovias e, caso a via em que você esteja não apresente essa opção, vá pelas laterais da rua, preferencialmente opostas às faixas de ônibus.

Use o corpo

Já que o seu meio de transporte te dá menos opções de sinalização, use o seu corpo para mostrar a motoristas e pedestres o que pretende fazer. Agite as mãos ou aponte quando for mudar de pista ou fazer uma curva. Quanto mais sinalização, melhor, não é mesmo?

Escolha os acessórios certos

O capacete é um item de proteção indispensável, mesmo que o trajeto que você for fazer não seja longo. Se for mais confortável, opte também por joelheiras e cotoveleiras. As luvas evitam a irritação de contato com o guidão e ainda protegem do frio e da chuva. Em nenhuma hipótese use fones de ouvido ou celulares durante a pedalada — toda atenção é fundamental para garantir a sua segurança!

E então, agora você está pronto para ganhar as ruas? Com o tempo, você ficará ainda mais habilidoso e melhorará o seu preparo físico. Comece aos poucos e sempre em segurança! Você também tem alguma dica para compartilhar com outros ciclistas? Escreva nos comentários!

Mais disposição com GreenCoffee Slim!

Comentários

Comentários