A ceia de Natal é uma bela oportunidade para confraternizar com os amigos e familiares.

Além disso, é uma das épocas mais deliciosas do ano, afinal, é uma tradição marcada pela fartura de quitutes para Papai Noel nenhum botar defeito.

Apesar de ser tão prazeroso e literalmente gostoso, o Natal representa uma ameaça para qualquer plano de alimentação.

Relaxar na dieta durante as festas pode acabar pesando na consciência e na balança.

É claro que ninguém deve se privar completamente e deixar de aproveitar a ceia.

Aproveitar as delícias das festas de fim de ano é mais do que permitido, entretanto, é necessário tomar precauções e adotar algumas medidas para não enfiar o pé na jaca e perder a linha.

Quer saborear a ceia de Natal sem arruinar a sua dieta e nem colocar em risco os resultados alcançados durante o ano? Então vem conferir as nossas dicas!

Pegue leve nos dias anteriores ao Natal

Como já sabemos, a tentadora ceia de Natal se aproxima. Portanto, antes do grande dia, pegue pesado na malhação e leve na alimentação.

O ideal é evitar carboidratos e fugir das comidas, bebidas e guloseimas gordurosas e açucaradas, como por exemplo, os refrigerantes.

Os alimentos refinados e industrializados devem ser consumidos com moderação e deve se da preferência a produtos orgânicos e integrais.

São medidas que vão ajudar a reprogramar seu organismo e prepará-lo para fazer as melhores escolhas durante o Natal, confraternizações do trabalho e festas de Ano Novo.

Aumente a ingestão de frutas, legumes e verduras

O consumo de vegetais é um verdadeiro prato cheio para a manutenção da boa forma.

Além de ricos em nutrientes, as verduras, frutas e legumes são fontes de fibras que aumentam a saciedade e melhoram o trânsito intestinal.

O ideal no Natal é diminuir em aproximadamente 20% o consumo de alimentos muito calóricos, especialmente carboidratos.

Em contrapartida, você deve colocar cerca de 20% a mais de legumes, frutas e verduras no prato.

Tome cuidado com os petiscos!

Amendoim torrado, canapés, torradinhas e patês são deliciosos mas, embora pequenos, eles podem causar um grande estrago na dieta.

O problema é que esses aperitivos que comemos com as mãos e não com talheres, nos enganam e geralmente exageramos na dose.

Caso você não resista a essas entradinhas tentadoras de Natal, diminua a quantidade e tente priorizar opções saudáveis, como por exemplo, as frutas secas e as oleaginosas, como nozes ou castanhas.

Cinco unidades, por exemplo, são ótimas escolhas.

Coma carnes magras

Uma vantagem do Natal é a variedade de carnes: frango, chester, peru, leitão, pernil, bacalhau.

Fontes de proteínas, elas ajudam na construção muscular e ganho de massa magra.

Mas para usufruir desses benefícios, é importante que você dê prioridade às carnes magras e deixe de lado as fatias acompanhadas de pele e gordura.

Aproveite a Ceia de Natal com bom senso e equilíbrio

A vida social é extremamente importante para a saúde e bem-estar.

Sendo assim, você não precisa se afastar dos momentos entre amigos e família só porque esses momentos envolvem comida.

Também não é necessário levar marmita saudável por onde quer que você vá.

Basta aproveitar com moderação, afinal um dia de escolhas mal feitas ameaça meses anteriores de determinação e disciplina.

Para não prejudicar sua dieta e programa de treinos, busque se satisfazer e esqueça aquela velha prática de comer até se empanzinar.

Não fique sem comer por muitas horas seguidas

Da mesma forma que as festas de fim de ano fazem com que comamos mais, em alguns casos, a correria de dezembro acaba fazendo com que esqueçamos de nos alimentar.

Porém, ficar em jejum por muito tempo gera lentidão no metabolismo e dificulta a perda e manutenção de peso.

Além disso, quem está sem comer há muitas horas, costuma exagerar na refeição seguinte.

Não vá para as festas de barriga vazia

Se você estiver alimentado, corre menos riscos de sucumbir às tentações, certo? Para evitar o exagero na ceia, nunca vá para as festas já com fome.

O mais indicado é comer pelo menos uma fruta e beber bastante água. Isso vai te ajudar a manter a dieta na linha.

Atente-se à montagem do prato

Ao colocar a comida no prato, monte pequenas porções, pois elas transmitem uma mensagem mais rápida de saciedade.

Se ainda sentir fome ou vontade de comer, repita outra pequena porção. É melhor do que colocar comida demais e acabar comendo, mesmo sem vontade.

Outra dica bacana em relação à montagem do prato é optar por uma boa variedade de cores.

Monte pratos coloridos, pois a comida se torna mais atraente e você terá mais vontade e prazer de comer.

Mastigue bem

Coma pausadamente e mastigue-os bem. Essa prática ajuda a comer de maneira consciente, aumenta a saciedade e ainda facilita a digestão.

Ao comer devagar você tem tempo para refletir se vale ou não a pena repetir o prato. Fica a dica!

Concentre-se nas pessoas e não na comida

A comida não é a única coisa interessante do Natal! Mais importante do que os pratos, são as pessoas em torno da mesa.

Converse com os convidados, envolva-se nos detalhes da ceia. Assim, as delícias calóricas certamente ficarão em segundo plano.

Não exagere nas bebidas alcoólicas

O consumo de álcool também é extremamente prejudicial para a dieta, afinal, ele é calórico, desacelera o metabolismo e, ainda por cima, diminui a capacidade de raciocínio e julgamento, fazendo com que você coma mais do que deveria sem nem mesmo perceber. É um perigo!

Inove nos preparos das receitas

Se você for o anfitrião ou se tiver que levar algum prato para a ceia, inove no preparo dos alimentos. Substitua ingredientes muito calóricos por opções mais leves.

O creme de leite e a maionese do salpicão podem ser substituídos por iogurte, a tradicional rabanada pode ser assada em vez de frita, o chocolate ao leite pode ser trocado por alfarroba ou chocolate 70% cacau e por aí vai.

Sua ceia não ficará menos deliciosa. Pode apostar!

No mais, continue se exercitando no período e, mesmo se a academia estiver fechada ou você estiver longe de casa, procure fazer uma caminhada, nadar e dançar. Isso vai te ajudar a manter a linha.

E se durante a ceia de Natal você cair em tentação, exagerar na farofa e na sobremesa e acabar ganhando alguns quilos, o que fazer?

Aposte em uma dieta detox, diminua a ingestão de carboidratos e beba muita água, sucos naturais e chás. Em menos de uma semana você vai minimizar os prejuízos da festa.

Gostou das dicas? Quer saber tudo sobre alimentação saudável o ano inteiro? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades!

Mais disposição com GreenCoffee Slim!

Comentários

Comentários