Fazer dieta está cada vez mais comum. Estamos em contato com diversos tipos todos os dias e temos a possibilidade de encontrar uma que se assemelhe mais ao nosso estilo de vida.

Uma das mais faladas do momento é a dieta das frutas, que promete emagrecer em pouco tempo. Mas será que funciona mesmo? Vamos explicar:

O que é a dieta das frutas?

A dieta das frutas, criada pelo nutricionista americano Jay Robb, consiste em uma alimentação regrada de frutas e sucos durante um período de no máximo 03 dias.

Essa é uma modalidade de dieta muito imediata e agressiva, por isso é recomendada apenas para pessoas que estão buscando emagrecimento rápido por questões emergenciais e que não excedam o período máximo de 03 dias.

Quais frutas posso ingerir durante a dieta?

Nessa dieta, as frutas de modo geral estão liberadas. As mais recomendadas são:

Maçã

A maçã é uma das melhores opções para quem quer perder peso, pois possui um baixo teor calórico, além de garantir a ingestão de fibras que auxiliarão no processo digestivo.

Alguns estudos realizados também mostram que a maçã possui uma substância chamada polifenol, também presente no famoso chá-verde, responsável pelo estímulo do metabolismo.

Mamão Papaia

O mamão papaia tornou-se também um grande aliado para perder peso.

Ele possui uma enzima chamada papaína que auxiliam na digestão de proteínas e carnes, sendo indiretamente responsável pela melhor digestão.

Outro benefício do consumo dessa fruta é a presença de fibras, proporcionando sensação de satisfação após ser ingerido.

Melancia

Por possuir aproximadamente 90% de água em sua composição, a melancia é excelente para quem quer desintoxicar o organismo.

O alto volume de água implica também na maior sensação de saciedade após ser consumida.

A melancia contém, ainda, licopeno para auxiliar na prevenção de doenças cardíacas.

Melão

Semelhante à melancia, o melão também possui uma grande quantidade de água e fibras em sua composição. É pouco calórico e também causa sensação de saciedade após o seu consumo.

Em destaque, o melão possui substâncias que ajudam a complementar as necessidades fisiológicas de vitaminas e minerais, como vitamina C, potássio e beta caroteno.

E o melhor: tem pouquíssimas calorias e zero gordura!

Cereja

Quando o assunto é emagrecimento, as cerejas se destacam pela ação antioxidante, combatendo os radicais livres que, quando estão em excesso no organismo, podem causar uma queda considerável do metabolismo, resultando no ganho de peso.

A cereja é, ainda, desintoxicante e possui também um baixo índice glicêmico, e por isso é tão recomendada em dietas dos mais variados tipos.

Como um bônus, as cerejas também são responsáveis por fornecer ao organismo vitaminas A e C, fortalecendo o sistema imunológico, diminuindo possíveis inflamações e reduzindo o colesterol.

Uva

Ricas em vitamina A, C e B6, as uvas também funcionam como antioxidantes e auxiliam na prevenção do envelhecimento.

Atuam como diuréticos, estimulando o emagrecimento devido à desintoxicação do organismo.

A fruta é recomendada em todas as dietas de baixa caloria por possuir um baixo teor calórico.

Pera

As peras, apesar de pouco lembradas, possuem um papel importantíssimo nas dietas.

São responsáveis por prevenir o armazenamento de gordura corporal, além de serem pouco calóricas e terem baixo índice glicêmico.

A fruta é rica em fibras e, por isso, causa sensação de saciedade.

Abacaxi

Rico em bromelina, o abacaxi é responsável por regular o funcionamento do intestino e aliviar problemas digestivos. Consequentemente, contribui na eliminação de gordura armazenada.

Há quem diga que graças ao alto teor de açúcar natural, a fruta pode ajudar a diminuir os desejos pelo consumo de doces, tornando-se uma ótima alternativa na hora de comer uma sobremesa mais ricas em calorias.

Framboesa

Rica em fibras, a framboesa possui a famosa pectina, responsável por reduzir o colesterol e a insulina. Possui um baixo teor calórico e glicêmico, evitando o aumento do nível de açúcar no sangue.

A fruta também é um alimento com função antioxidante, que diminui consideravelmente os radicais livres e tendem a estimular o bom funcionamento do sistema imunológico.

Alguns especialistas defendem o consumo de algumas verduras durante a dieta, sendo elas: cenoura, ervilha, brócolis, alface, pepino cru, pimentão verde, palmito cru, berinjela, repolho cozido, agrião cozido e aipo cozido.

Quais as vantagens da dieta das frutas?

A dieta das frutas incentiva um hábito de alimentação, estimulando o consumo de frutas, responsáveis por dar nutrientes importantes ao organismo como minerais, fibras e vitaminas.

A dieta possui desvantagens?

Por se tratar de uma dieta com poucas calorias e muito restritiva, algumas pessoas tendem a sentir indisposição, franquezas, tonturas e cansaço, pois a fonte de energia (calorias) é extremamente limitada.

A dieta também não pode se estender para não prejudicar a saúde. Ela deve ser feita em situações emergenciais — inclusive, perde-se também massa muscular.

Para manter o peso perdido, é necessário seguir outra dieta que possa ser contínua.

Um dos maiores problemas dessa dieta é a exclusão de grupos alimentares, por isso ela não pode durar muito tempo. Os carboidratos são a maior fonte de energia para o organismo e, como trata-se de uma dieta muito restritiva, isso pode ser causar tonturas.

Sendo assim, a dieta das frutas é uma excelente alternativa para quem quer perder peso rápido. O consumo de frutas, além de diminuir as calorias ingeridas, é positivo para a saúde.

O cuidado que precisamos ter nesse momento é de não estender essa dieta por mais de três dias, para não prejudicar o organismo com a deficiência de certos nutrientes não encontrados nessa dieta restritiva.

Gostou dessa dieta? Quer conhecer outras e saber como emagrecer de forma saudável? Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades e dicas para cuidar da saúde!

Mais disposição com GreenCoffee Slim!

Comentários

Comentários