Sempre ouvimos que devemos nos alimentar bem e que uma dieta desequilibrada coloca em risco nosso bem-estar físico e mental. Parece que a consciência da importância de ingerirmos o que é correto já é uma realidade para a maioria das pessoas, porém há ainda certa ignorância sobre o que realmente pode nos acontecer se nos alimentarmos mal. Você conhece quais são as doenças mais comuns causadas pela má alimentação? Se ainda não, leia com atenção este post, pois ele pode ser a motivação que você precisava para mudar de vez os seus hábitos alimentares e te fazer prestar mais atenção ao que você coloca no seu prato! Confira:

Hipertensão

A hipertensão acontece quando a nossa pressão arterial encontra-se acima dos valores considerados adequados para a população em geral. A alimentação tem papel primordial nessa situação, uma vez que o consumo excessivo do sódio, especialmente através do sal de cozinha, alimentos industrializados ou de molhos como o shoyu, podem levar a esse tipo de problema.

Ser hipertenso te predispõe a diversas situações perigosas, especialmente problemas cardiovasculares. Tente ter um plano alimentar balanceado, fugindo de alimentos que contenham altas quantidades de sódio. Leia as embalagens e busque incluir frutas, legumes e verduras ao natural. Invista nos temperos como tomilho, salsinha, cebolinha, entre outros, pois além de diminuírem a necessidade de realçar o sabor com o sal, ainda possuem substâncias benéficas para o corpo.

Obesidade

A obesidade é um tipo de patologia caracterizada pelo excesso de gordura corporal. Pode depender de fatores genéticos, porém a alimentação tem papel preponderante nessa situação. Evite alimentos ricos em gorduras saturadas e carboidratos, especialmente os provenientes de alimentos altamente refinados, como açúcar branco e farinha. Em linhas gerais, diminua o consumo de calorias e faça escolhas saudáveis, focando naquilo que é mais natural e sadio. Exercícios regulares sempre são bem-vindos também.

Gastrite

A gastrite é um tipo de inflamação na mucosa estomacal, que causa muito desconforto e dores para o portador. Quando esta doença é crônica, a causa mais comum é uma bactéria chamada H. Pylori. Porém, a má alimentação pode ter fator influente para que a gastrite se manifeste. Quando você come poucas vezes por dia, ingere grandes volumes de uma vez só e não abre mão de alimentos ácidos ou que irritam a mucosa, o problema pode surgir. Como prevenção, você deve fracionar suas refeições, comendo de três em três horas. Além disso, evite grandes quantidades e diminua alimentos como frituras, doces, cafeína, bebidas com gás, álcool, alimentos ácidos e condimentados.

A prevenção é a palavra de ordem

O lado bom de toda essa história é que, para prevenir esses males, basta comer os alimentos corretos e abrir mão de hábitos nocivos. Ingerindo os nutrientes da forma e quantidades adequadas, o seu organismo estará apto a se recuperar e ser mais saudável. Na sua próxima ida ao restaurante ou supermercado, pense bem! Lembre-se que muito mais que sabor, aquelas opções farão você ter o bem-estar que merece. Você vai perceber que não só estará mais seguro quanto às temidas patologias causadas pela má alimentação, como também ficará mais saudável e disposto para enfrentar o dia a dia.

Você já teve algum destes problemas? Conte sua experiência para nós, deixando um comentário!

 

Mais disposição com GreenCoffee Slim!

Comentários

Comentários