Os chás são a solução milenar para diversos problemas da humanidade.

A bebida preparada através da infusão de folhas, raízes e flores é usada na China há muito tempo e foi descoberta no Ocidente quando os portugueses encontraram o Japão, no ano de 1543.

Hoje, os chás são usados para nos dar mais disposição, ajudar no emagrecimento, no combate aos radicais livres, incluindo a melhora do humor, tão abalado por nossas estressantes rotinas.

E foi pensando nestas funções que fizemos mais uma seleção para você! Quer conhecer os melhores chás para melhorar o seu humor? Acompanhe!

Chás calmantes

A principal função dos chás calmantes ocorre no sistema nervoso, trazendo-nos a sensação de tranquilidade e diminuindo a compulsão por comida.

Essas substâncias calmantes ajudam também no combate à insônia e os sintomas de estresse.

A saúde do intestino também é vital para o nosso bem-estar e a maioria dos chás que nós selecionamos também auxilia na manutenção das funções gastrointestinais. Veja só:

Erva-cidreira (Melissa officinalis)

Esta planta medicinal da família da hortelã e do boldo, também conhecida como melissa, tem propriedades calmantes, alivia dores de cabeça, cólicas menstruais e intestinais.

Por isso, a erva cidreira rende um ótimo chá para ser tomado depois das refeições. A melissa também possui propriedades diuréticas e expectorante, ajudando a aliviar a tosse e melhorando casos de retenção de líquidos.

Se você tem filhos, a melissa ou erva-cidreira é uma ótima alternativa para acalmar os nervos das crianças. A planta também é um “santo remédio” para a insônia e a ansiedade.

Além de suas funções calmantes, a erva cidreira é rica em ácido rosmarínico, que tem atividade antioxidante.

Assim, ela ajuda a combater o envelhecimento precoce e a proteger o coração. Atenção: não confunda a erva cidreira com o capim-cidreira (família Poaceae), do qual falaremos adiante.

Capim-limão

Esta planta, popularmente utilizada na medicina ayurveda, também pode ser conhecida como capim-santo ou capim-cidreira.

Rico em substâncias como citral, citronelal e ácido caproico, o capim-limão tem propriedades calmantes, analgésicas, e ajuda a diminuir as cólicas menstruais e dores de cabeça.

Também tem propriedades antidepressivas, expectorantes, diuréticas, sudoríficas e febrífugas.

Atenção: quem tem problemas de azia, especialmente as mulheres em fase de gestação ou amamentação, deve evitar o consumo de capim-limão. O mesmo se aplica a quem possui gastrite ou úlceras.

Camomila

Este membro da família do girassol é uma das soluções mais conhecidas para tratar a insônia.

Mas nem só pelas propriedades calmantes a camomila tornou-se conhecida! Ela também é um eficiente remédio para aliviar dores de estômago e ajudar em males intestinais.

Mulheres também podem usá-la para aliviar cólicas menstruais. A camomila possui ainda uma série de propriedades antibacterianas ajudando a fortalecer a imunidade.

Passiflora

A passiflora, também conhecida como flor-de-maracujá, maracujá silvestre ou flor da paixão, é um poderoso calmante natural.

Além de ajudar em casos de ansiedade, esta erva é um eficiente remédio para a TPM, a irritabilidade, diminui a pressão arterial, relaxa tensões nos músculos e ainda ajuda na melhora da respiração.

A passiflora rende chás maravilhosos, que podem ser tomados por crianças hiperativas. A erva possui ainda uma ótima relação com a serotonina, hormônio responsável por nos trazer a sensação de bem-estar.

De acordo com o portal Minha Vida, o chá de passiflora pode ser consumido de duas maneiras: em cápsulas ou na forma de chá.

Para preparar um chá bem gostoso, adicione duas colheres de ervas passiflora em uma xícara de água fervente.

Deixe em infusão por cerca de dez minutos. Coe e beba ao longo do dia.

Você também pode combinar a passiflora a um pouco de camomila para potencializar a sua ação calmante.

Jasmim

O jasmim pode ser consumido em forma de chá, embora seja largamente utilizado por seu óleo essencial.

Mulheres podem usufruir ainda melhor das propriedades medicinais desta flor, já que ela controla hormônios, alivia cólicas menstruais e ajuda nas dores do parto.

Largamente utilizado em meditação, o jasmim ajuda a despertar sensações de otimismo e harmonia.

Por isso, ele também é usado em tratamentos contra a depressão.

Alterações bruscas de humor, fadiga, apatia e esgotamento nervoso também podem contar com o jasmim como tratamento!

Consulte um especialista de confiança para verificar qual a melhor forma de consumir o jasmim.

Receitas de chás calmantes

Reunimos quatro receitas deliciosas de chás calmantes para tornar a sua rotina ainda mais leve. Três delas foram selecionadas pelo portal Bolsa de Mulher, aliando os benefícios das frutas e das ervas que já descrevemos. Confira!

Chá de maçã com camomila

Junte duas fatias de maçã e duas colheres de chá de camomila em uma panela com água filtrada (pouco mais de uma xícara). Deixe ferve por cinco minutos, coe e deixe esfriar um pouco antes de tomar.

Chá de maracujá com pêssego e mel

Este é um pouco mais complicado, mas fica delicioso para tomar em uma tarde quente! Prepare um pouco de chá de pêssego com os seguintes passos:

  • 3 copos de água;
  • 5 pêssegos cortados e descascados;
  • uma vagem de baunilha;
  • açúcar a gosto.

Coloque a água em uma panela e adicione os pêssegos e a baunilha. Deixa a água ferver por, aproximadamente, 5 minutos e deixe esfriar. Adicione o açúcar e o gelo na quantidade que preferir.

Faça o chá de maracujá (receita de chá de passiflora acima) e o misture ao chá de pêssego com um pouco de canela e cravo. Leve a mistura ao fogão por cerca de seis minutos, espere esfriar e adoce a gosto.

Chá de laranja com hortelã

Junte dois pedaços de laranja com duas colheres de hortelã em uma panela com água filtrada (uma xícara). Aqueça por cinco minutos, coe e deixe esfriar.

Chás estimulantes

Já os chás estimulantes, tais como o sene, fucus e malva, são repletos de fibras solúveis, formando um gel no estômago que nos dá sensação de saciedade.

Além disso, muitos deles — assim como o abacateiro, a cavalinha e a alcachofra — são diuréticos, mas devem ser usados com cautela: em excesso, podem causar perda de potássio, provocando a sensação de fadiga, tonturas e fraquezas.

Sálvia

Este tesouro da medicina caseira tem um grande poder antioxidante, anti-inflamatório, além de ser um ansiolítico natural.

Além de ser diurética, a sálvia ajuda na limpeza das vias respiratórias e aumenta o poder de concentração.

Por isto, se está em fase de estudos, tome minutos antes de começar a bateria de exercícios e revisões!

O bom humor também depende das condições de nosso intestino. Uma compressa de sálvia também pode ajudar no alívio de cólicas, desconforto intestinal e até mesmo de flatulências.

Malva

A malva, assim como a sálvia, é diurética e pode ajudar no tratamento de doenças urinárias.

Fucus

Também conhecida como fava-do-mar e bodelha, a Fucus tornou-se popular por auxiliar no emagrecimento.

Esta planta também ajuda a controlar a acidez do organismo e a regular o funcionamento do intestino.

Chá de gengibre

Além de ajudar no emagrecimento, melhorar o aspecto da pele e diminuir as celulites, o gengibre melhora a circulação, tem propriedades anti-inflamatórias, turbina os ânimos e melhora a disposição.

O chá indicado pelas vovós durante a gripe também é um bom remédio para a enxaqueca, a gastrite e a úlcera.

Porém, de acordo com a nutricionista Flávia Cyfer ao portal Bolsa de Mulher, a melhor maneira de consumir o gengibre é quando ele está cru, bem fresco.

Quando ele é aquecido, perde os benefícios. Você pode ralar um pouco de gengibre na salada ou bater pedaços em um suco de frutas.

A ação do gengibre no processo de emagrecimento se deve às suas ações termogênicas, apressando a queima de calorias, e eliminação de toxinas, estimulando algumas enzimas do fígado.

Mas cuidado com excesso! A grande quantidade de gengibre pode causar dores de estômago.

Para não exagerar na dose, alie diferentes alimentos detox em sua dieta, para que os benefícios de cada um deles beneficiem o seu organismo.

Os benefícios do chá branco

Produzido a partir das folhas novas e brotos de Camellia sinesis, a mesma planta que dá origem aos chás verde e preto, o chá branco é um poderoso antioxidante, já que não passa pelo processo de fermentação.

Por este mesmo motivo, a quantidade de cafeína na bebida é bem menor.

O chá branco também ajuda na produção de polifenois e antioxidantes, que ajudam na prevenção ao câncer, doenças degenerativas, cerebrais e cardiovasculares.

Além disso, o chá branco também é anti-inflamatório e ajuda na proteção do fígado.

Os benefícios do chá verde

Ele tem um gostinho pra lá de amargo para os paladares ocidentais.

No entanto, esta bebida largamente consumida no Oriente possui uma série de benefícios.

O chá verde possui uma grande vantagem sobre o café: ele fornece energia por um quarto da concentração de cafeína encontrada em nosso bom e velho cafezinho.

Além de ser rico em cafeína, o chá verde também fornece flavonoides, que nos protegem contra doenças cardiovasculares, modulam as funções do endotélio e possuem ação antioxidante.

Como retirar o gosto amargo do chá verde?

Além de deixar o chá em menor tempo de infusão (cerca de 1 minuto), você pode acrescentar um pouco de mel para que o chá fique mais adocicado.

Porém, tenha cuidado: o açúcar corta uma série de benefícios do chá verde e, por isso, é importante não exagerar na quantidade de mel.

Se você preferir, pode misturar o chá verde com frutas no liquidificador. Gotas de limão e ervas suaves, como o capim cidreira e a hortelã, também podem ser misturados ao chá verde.

De acordo com a nutricionista Daniela Jobst ao portal Minha Vida, para que o chá verde seja eficiente na aceleração do metabolismo e consequente emagrecimento, o consumo diário deve variar entre cinco xícaras a um litro.

A perda de peso começa a acontecer após três meses de consumo diário do chá.

O chá verde e a serotonina

Quando cumprimos as necessidades básicas de nosso organismo, somos invadidos por uma sensação de bem-estar. Há uma série de alimentos que potencializam essa reação.

Pensou em chocolate? Errado! Estes alimentos poderosos estão na fruteira de sua casa e em produtos que podem ser encontrados no mercado, tais como a banana, nozes, abacate, mel, tofu e a canela.

Todos eles têm uma característica em comum: a capacidade de aumentar a liberação de serotonina, o hormônio neurotransmissor responsável pelo sentimento de prazer, pela melhorar do humor e até mesmo do sono.

Apesar de seu gostinho amargo, o chá verde é um destes alimentos.

Ele não só ajuda na liberação de serotonina, como também nos afasta do estresse oxidativo, caracterizado pela ausência de substâncias antioxidantes no organismo, causando até mesmo obesidade e depressão.

Chá de uva

Esta receita, concedida pela instrutora de yoga Mônica Machado ao portal G1, é bem fácil de preparar, gostosa e pode ser preparada com o que você já tem em casa! Para isto, você vai precisar de:

  • Uma pequena porção de gengibre (cerca de um recipiente de sobremesa);
  • 2 canelas em casca;
  • 4 colheres de açúcar;
  • 2 copos de água filtrada;
  • 1 colher de café de cardamomo;
  • 2 copos de suco de uva.

Preparo:

Rale bem o gengibre. Em seguida, coloque quatro colheres de açúcar em uma panela e adicione o gengibre ralado.

Acenda o fogo e misture os ingredientes até que cheguem ao ponto de caramelo. Acrescente a água, as canelas em casca e uma colherinha de cardamomo.

Por fim, acrescente o suco de uva. Ferva por 10 minutos.

Cuidado com excessos!

Segundo a nutricionista Elisângela Teixeira em entrevista ao G1, quem tem problemas cardíacos, diabetes, pressão arterial e colesterol alto, por exemplo, é mais propenso à agitação causada pelos componentes dessas ervas.

Por isto, a recomendação é evitar o exagero no consumo destas substâncias, já que elas podem até mesmo interferir nas doses de medicamentos tomadas cotidianamente pelas pessoas.

Viu só como os chás calmantes e estimulantes são importantes para melhorar o humor no dia a dia? Para todas as nossas dicas, vale a recomendação: cuidado com exageros.

Se você tem dúvidas sobre a interação entre os chás e os medicamentos que você toma, consulte um médico de confiança antes de iniciar o consumo de qualquer substância! Para continuar recebendo as nossas novidades, curta a nossa página no Facebook

Mais disposição com GreenCoffee Slim!

Comentários

Comentários