O chá é uma das bebidas mais antigas, conhecidas e consumidas pelo mundo.

Desde a antiguidade os chás são consumidos, e com objetivos diversos. Em alguns casos, até para prevenir, tratar e curar doenças, pois sabe-se que muitas plantas possuem efeitos biológicos benéficos à saúde.

Hoje em dia, os chás continuam sendo consumidos, e com o avanço das pesquisas surgiram ainda mais motivos: bem-estar, saúde, por ser gostoso e até para beleza.

Alguns chás possuem propriedades antioxidantes que previnem o envelhecimento precoce, que melhoram a saúde da sua pele, outros possuem efeitos que podem ajudar você à perder peso.

Abaixo, vamos listar os melhores 7 chás que vão te ajudar a controlar o peso. Confira!

Chá verde

Segundo diversos estudos, o chá verde obtido da espécie Camelia Sinensis tem relação com a perda de gordura corporal e tem sido uma grande aposta no combate à obesidade e doenças associadas, por causa da presença de catequinas em sua composição.

Os efeitos das catequinas sobre o controle de peso ocorre porque ela inibe a proliferação dos adipócitos (célula de gordura), reduz a gordura, aumenta o gasto energético e a utilização das gorduras.

O chá verde ainda ajuda a promover a sensação de saciedade e possui inúmeros outros benefícios, como ação antioxidante, efeito termogênico e por auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares.

Uma pesquisa feita em 2009 mostrou diminuição de 1,7% no peso e no índice de massa corporal (IMC) dos indivíduos que fizeram uso do chá verde em suas dietas.

A recomendação diária de consumo de chá verde é de 3 xícaras por dia, sem adoçar e sem requentar – ele deve ser consumido no mesmo dia do preparo.

Carqueja

Baccharis genistelloides, popularmente conhecida como carqueja, é originária da América do Sul e cultivada principalmente no Brasil, na Argentina, no Paraguai e no Uruguai.

O chá é utilizado popularmente no tratamento de problemas hepáticos, digestivos, malária, úlceras, diabetes, anemia, diarreia, inflamações urinárias, amidalite, hipercolesterolemia, disfunção erétil, infertilidade feminina e reumatismo, entre outros.

Mas a carqueja também é conhecida por auxiliar na perda de peso.

Estudos apontam que a carqueja auxilia na  inibição da lipase pancreática, e que este pode ser um mecanismo relacionado à redução do peso, pela menor absorção de triglicerídios.

Ela possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes e já ten mais de 150 compostos identificados na sua composição, inclusive alguns que promovem ação diurética, reduzindo a retenção de líquidos e dando mais uma ajuda a quem quem emagrecer.

Citrus Aurantium

O Citrus aurantium, também conhecido como laranja amarga, é uma boa opção para quem quer ajuda para emagrecer.

Ele auxilia na diminuição da ingestão e absorção de calorias e aumenta a taxa metabólica.

O Citrus auratium contém em sua composição uma substância chamada sinefrina, cujos efeitos são conhecidos por ajudar na perda de peso, porque estimula a lipólise e a queima de calorias.

A recomedação é utilizar entre um e dois gramas de citrus aurantium em 150ml de água fervente e tomar em seguida.

Chá de Canela

O chá de canela está relacionado com a redução da circunferência abdominal, da gordura corporal e do IMC, e até ao aumento de massa muscular.

Ele ainda auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes e outras doenças.

Estudos mostram que meia porção de canela por dia pode diminuir o colesterol ruim (LDL) e também tem efeito regulador sobre a glicemia, importante para pessoas com diabetes tipo 2.

Além disso, tem efeito comprovado cientificamente que ajuda a evitar o aparecimento de diversos tipos de câncer.

Por causa do seu efeito termogênico, auxilia na redução de gordura corporal. E ainda é um ótimo pré-treino, pois auxilia na modulação de radicais livres e aumenta a produção de óxido nítrico.

Para fazer o chá corretamente, ferva a canela em pau por 10 minutos e abafe por mais 5 minutos.

Hibisco

O chá de hibisco é considerado um ótimo aliado no emagrecimento. Além de auxiliar na perda de peso, é rico em nutrientes e conta com uma vantagem de ser naturalmente adocicado, diferente do chá verde.

Entre seus nutrientes, destacam-se o cálcio, o magnésio, o fósforo e o potássio.  Esses minerais são fundamentais para o fortalecimento de ossos e dentes.

Em 6g de hibisco, quantidade necessária para preparo do chá em 200 ml de água, é possível encontrar todos esses minerais, considerados essenciais para contração muscular e produção de energia.

É também fonte de antioxidantes, como flavonoides, ácidos orgânicos e vitamina A, que têm como função a neutralização dos radicais livres em nosso organismo, evitando o envelhecimento precoce das células e prevenindo o surgimento de inúmeras doenças, como pressão alta, diabetes, problemas hepáticos e renal e até mesmo o câncer.

Por causa de seu poder diurético, ajuda a diminuir o inchaço causado pela retenção de líquidos.

A recomendação diária de consumo de chá de hibisco é de 3 xícaras por dia, sem adoçar, todas feitas no momento do consumo.

Gengibre

O gengibre, além de possuir propriedades antioxidantes e antibacterianas, também pode acelerar o metabolismo, auxiliando o processo de redução da gordura corporal.

Tem ação anti-inflamatória, contribuindo para combater a celulite e também para a redução da distensão abdominal, e ação antioxidante, que auxilia no combate aos radicais livreis produzidos pelo corpo.

Outra razão para o efeito a favor do emagrecimento é sua ação termogênica. Além disso, o chá de gengibre facilita a digestão de alimentos gordurosos e melhora o funcionamento do intestino, sendo uma boa alternativa contra desconfortos no estômago, enjoos e problemas na digestão.

 

Por sua ação nos processos digestivos, o ideal é consumir o chá de gengibre após as refeições

Matchá

O matchá é um tipo de chá-verde em pó, com sabor amargo característico e muito utilizado nas cerimônias de chá japonesas cerca de 800 anos atrás.

Extraído da mesma planta da qual se obtém o chá-verde, torna-se um produto diferente por causa do seu processo de produção.

Totalmente protegido do sol, o matchá é a primeira colheita da Camellia sinensis; depois de colhidas, as folhas são trituradas muito lentamente até que se transformem em pó – este processo artesanal garante que a planta não oxide, o que potencializa seus benefícios.

O matchá conta, em sua composição, com catequinas capazes de auxiliar na diminuição do peso corporal, da gordura visceral e também na prevenção e tratamento da obesidade.

A ingestão contínua de matchá ainda pode reduzir significativamente os níveis de glicose sanguínea.

Além disso, o matchá possui efeito termogênico, que se explica devido à interação das catequinas e da cafeína.

Viu só como os chás podem ser grandes aliados de quem quer emagrecer?

Mas não se esqueça: excesso de qualquer coisa é prejudicial. Por isso, não exagere nos chás.

Se você quiser os benefícios de mais de um deles, misture as plantas na mesma bebida, ao invés de tomar várias por dia.

E por último, mas não menos importante… se o seu objetivo é perder peso, não ouse adoçar os chás, hein?! 😛

Mais disposição com GreenCoffee Slim!

Comentários

Comentários