Para emagrecer, não é preciso cortar nenhum grupo alimentar. Nem mesmo as gorduras.

Dietas restritivas podem causar danos ao organismo e deixar você fraco e com o sistema imunológico baixo.

Se você quer um emagrecimento saudável e com resultado duradouro, deve manter uma dieta balanceada e incluir o consumo de gordura.

Inclusive porque com os tipos certos de gordura você pode ter inúmeros benefícios para o seu corpo e para sua dieta.

Continue acompanhando o post para aprender um pouco mais sobre eles!

Acelera o metabolismo

Se você ingerir gorduras todos os dias, sempre nos mesmos horários, você vai emagrecer. Isso acontece porque o seu corpo aprende que, em vez de acumular a gordura, ele pode utilizá-la como fonte de energia.

Mas, claro: tome cuidado com as formas de gordura.

As gorduras saturadas e hidrogenadas, muito encontradas nos alimentos industrializados, devem ser evitadas. Ao invés de colaborarem com a dieta, elas aumentam o nível de colesterol ruim e diminuem o colesterol bom.

Diminui a fome

As gorduras boas são ricas em ácidos graxos essenciais. São esses ácidos graxos que vão fazer com que você se sinta mais saciado após uma refeição. Dessa forma, você vai comer menos ao longo do dia e vai ser mais fácil manter as refeições nos horários corretos.

Retarda a digestão

Uma das inúmeras funções das gorduras é retardar o processo de digestão. Isso é importante porque o corpo não sofre um pico de insulina, mas sim consegue manter os níveis ideais durante mais tempo, potencializando o gasto de energia.

Acelera a queima de gordura

Pode até parecer estranho e um tanto contraditório, mas comer gordura pode… aumentar a queima de gordura!

Isso acontece porque a ingestão de gorduras na quantidade certa pode fazer seu organismo produzir hormônios responsáveis pela queima da própria substância.

As gorduras são responsáveis por auxiliar o transporte e a absorção de diversas vitaminas pelo corpo – entre elas as lipossolúveis, essenciais na síntese desses hormônios.

Aumenta a síntese proteica

A síntese proteica é o processo de criação do tecido muscular. Em conjunto com o consumo de proteínas, a gordura vai fazer com que seu corpo perca mais do acúmulo de gordura durante esse processo.

Ajuda a controlar o colesterol

É preciso tomar cuidado com os tipos de gorduras ingeridas para não aumentar o nível de colesterol ruim ao invés do colesterol bom. As gorduras boas, encontradas em peixes, por exemplo, ajudam na diminuição de colesterol no sangue e previnem a formação de coágulos. Além disso, promovem o aumento do colesterol bom.

São fáceis de encontrar

Muitos alimentos podem cumprir a necessidade diária de ingestão de gorduras boas.

Fazem parte da lista os peixes como salmão, cavalinha, atum, sardinha e truta; nozes e castanhas; sementes como as de girassol e uva; o azeite; o óleo de coco; frutas como o abacate; e muitos mais.

A quantidade ideal

Importante lembrar: todos os benefícios citados acima só acontecem se a ingestão de gorduras diária estiver na quantidade adequada – se entupir de alimentos gordurosos não é nada bom.

O ideal é que entre 15 e 30% da sua ingestão diária de calorias seja oriunda de gorduras. Por exemplo, se você consome 2.000 calorias por dia, entre 300 e 600 devem vir de gorduras – como dos alimentos citados no item anterior.

É claro que ninguém precisa se alimentar com uma calculadora do lado, mas como a variação do valor adequado é grande (de 15 a 30%), fazer este controle em “modo automático” é bastante tranquilo.

E não se esqueça de que para um emagrecimento saudável e duradouro é preciso unir boa alimentação e prática de exercícios físicos, certo?

Agora que você já sabe a importância de consumir a gordura para emagrecer de forma saudável, confira esta dica de produto 100% natural que vai te ajudar a emagrecer de forma mais rápida! 😉

Mais disposição com GreenCoffee Slim!

Comentários

Comentários