Você é daquelas pessoas que se incomoda com a gordurinha da barriga que aparece quando senta, ou com aquela barriguinha que sobra quando veste uma roupa mais justa, mas só de pensar em subir a escada daquela academia que fica na sobreloja você já sente cansaço?

Tudo bem, estamos aqui para te ajudar a dar um fim naqueles quilos a mais e te mostrar como perder a barriga com um pouquinho de dedicação, mas sem se matar de tanto fazer esforço físico.

Continue com a gente e confira!

Cuidado ao se automedicar!

Alguns medicamentos causam, como efeito colateral, o aumento do peso durante o uso, portanto é preciso sempre ter o cuidado de ler a bula para saber o que você está tomando.

De preferência, pergunte sempre ao seu médico se não vai haver algum efeito colateral indesejado com a medicação que você precise tomar. Peça ao seu ginecologista que lhe receite algum anticoncepcional que não cause tantos efeitos colaterais.

Uma vacina pode ser a solução

Um centro de pesquisa biomédica em Pennington, nos Estados Unidos, percebeu a relação entre o aumento nas células de gordura no corpo de algumas pessoas que haviam contraído um tipo de resfriado através de um vírus, chamado adenovírus 360.

Portanto, a solução para aquela barriguinha saliente pode ser uma vacina! Quem sabe, né? Para saber mais sobre o assunto confira a matéria completa clicando aqui.

Mantenha o controle!

Vivemos dias em que o estresse do trabalho, da faculdade, das relações sociais e amorosas tornou-se um problema crônico. E com o estresse, criamos um hábito de necessidade por recompensas.

Quando nos irritamos, merecemos aquele chocolate para nos acalmarmos. O problema é que essa alimentação à base de recompensas pode facilmente sair do controle.

Ou seja, devemos manter o controle emocional para controlar também da balança. Afinal, aquela falsiane não merece que você passe raiva e, ainda por cima, engorde por causa dela!

Menos calorias, mais proteínas!

Calorias são importantes para que tenhamos energia no nosso dia a dia. Mas quando consumimos mais calorias do que precisamos, elas viram gordura.

Uma alimentação mais rica em proteína — que é base para a construção muscular, sacia a nossa necessidade por nutrientes que nos mantêm de pé sem que nossa barriga vire uma curva acentuada.

Isso já foi comprovado em uma pesquisa feita pela Universidade de Sydney, na Austrália. Pessoas que ingeriam menos proteínas, acabavam procurando muito mais calorias para suprir as necessidades do organismo. Para saber mais sobre o assunto confira o artigo científico completo.

Que tal exercitar um pouco de leitura?

Isso mesmo! Toda vez que for fazer compra de comida, você deve ler o rótulo e garantir que não está levando para casa uma bomba hipercalórica.

Também é bom tentar saber de que as embalagens são feitas, porque algumas possuem substâncias químicas que causam desregulação endócrina, o que pode resultar em ganho de peso.

É algo mais difícil de saber, mas se você teve um ganho inexplicável de peso, vale a pena consultar um endocrinologista e fazer alguns exames, combinado?

Apague as luzes

Um outro estudo, dessa vez da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, mostrou que ratinhos que ficavam expostos à luz por muito tempo ganharam mais peso do que os que tiveram um tempo padrão de claridade e escuridão, mesmo com rotina e alimentação idênticas.

Tudo porque a luz durante a noite estava alterando o relógio biológico dos bichinhos e desacelerando o metabolismo.

Então, talvez você possa dizer que é a luz que te engorda e apagá-la pode te garantir uns quilinhos a menos na balança. Parece loucura? Não custa tentar, não é?

Poluição, não!

Outro estudo, realizado pela Universidade Estadual de Ohio, constatou que ratos inalando ar poluído acumularam mais gordura abdominal do que os que respiraram o ar filtrado! Bizarro, não é? Mas vale a pena evitar!

Além do mais, quando respiramos ar puro temos até mais vontade de sair para uma caminhada na vizinhança. Talvez você se anime a passear em algum parque perto de casa.

Faça do seu dia a dia, a sua malhação

Se você não tem a menor disposição de ficar na academia por uma hora indo de um lado para o outro e puxando ferro, você pode transformar a sua rotina diária em sua própria academia.

Se você pega elevador para subir ao escritório ou à sua casa, tente trocar pelas escadas de vez em quando.

Faz tempo que não tira o pó dos móveis e nem passa um pano no chão? Talvez fazer uma mega faxina possa ser a solução para acabar com sua gordurinha abdominal!

Agora, se você tem preguiça para tudo, menos para gastar dinheiro, pode bater muita perna nas lojas e achar aquela roupa que você estava querendo.

Isso será quase uma maratona e você vai queimar muitas calorias no processo! Só não vale comer um mega hambúrguer depois, hein?

Não tenha preguiça de fazer

Preparar a sua própria comida é sempre uma garantia a mais para uma alimentação saudável.

E quando falamos em preparar, não estamos falando em tirar o congelado da caixa e colocar por quatorze minutos no micro-ondas. Nos referimos a vestir o avental e colocar a mão na massa.

Assim você só consome as coisas que você conhece, evita ingredientes gordurosos e sabe a procedência dos alimentos.

Crie um animal de estimação

Adotar um animal de estimação, seja ele um cachorro, gato, coelho, papagaio ou qualquer outro ser vivo de criação doméstica legalizada pelo IBAMA, pode ser algo que vai te tirar do estresse — tópico sobre o qual já falamos aqui.

Isso melhora tanto sua saúde física quanto a mental. Se for um cão, ainda pode te servir de incentivo para uma caminhada enquanto leva ele para passear.

Vegetar em frente à televisão? Jamais!

Tente fazer algum tipo de exercício no intervalo daquele filme que você está assistindo.

Aproveite que aquele canal passa propaganda toda vez que o episódio da sua série começa a ficar bom e dê uma caminhada.

Nem que seja para ir ao banheiro. Mas se for até a geladeira, só vale se for para abrir a porta para pegar aquele iogurte grego que não tem quase nada de gordura, ok?

Além disso, você pode colocar uma cadeira na frente da TV e ficar subindo e descendo dela.

Pode levantar do sofá e fazer aquele alongamento esperto. Ou se você acordou totalmente fitness pode se jogar no tapete da sala e fazer uns abdominais enquanto assiste a um filminho. Nesse caso, cancele a pipoca!

Não coma por obrigação

Um habito que criamos graças à correria da nossa rotina é o de comer com pressa.

Nem temos tempo de saborear a comida, enfiamos uma garfada atrás da outra apenas para saciar nossa fome.

Porém, nosso organismo não sente imediatamente que está satisfeito. Nesse meio tempo, você já comeu o almoço, a sobremesa, o prato e ainda tá achando que tem espaço pros talheres.

Por isso, coma com calma, saboreie cada pequena porção de comida que você leva à boca como se fosse a última. Largue os talheres no prato, mastigue bem e aprecie sua refeição.

Além de evitar alguma possível azia ou indigestão, você ainda dá tempo para o seu estômago entender que está sendo forrado, fazendo com que você coma bem menos.

Esqueça os refrigerantes

Não estamos falando aqui para você, necessariamente, mandar ver naquele suco detox de maça com beterraba.

Pode pegar leve e trocar o refrigerante por um suquinho de laranja natural, que fica gostoso até sem açúcar. Maçã, banana, uva, mamão, abacaxi…. Você sempre pode diversificar a fruta e a forma de consumo. Solida ou em suco, com água ou com leite ou natural.

Lembre-se de que frutas têm frutose, um açúcar natural e que, mesmo sem adição de qualquer adoçante industrializado, não deve ser consumido em excesso.

Então, lembre-se: nada de exageros! Consumindo de forma moderada, você pode satisfazer a necessidade de energia e assentar sua planície abdominal.

Dance, dance, dance!

Você pode não gostar de transformar suas atividades diárias em exercícios insanos ou de ficar se chacoalhando em frente à televisão, mas quando o exercício é diversão, queimar umas calorias fica muito mais fácil!

Não é como se você precisasse saber dançar. Basta gostar de se soltar ao som do que estiver rolando.

Então… ligue seu aparelho de som no último volume e se acabe! Vá para a balada no fim de semana e liberte-se.

Curta, aproveite, você pode até colocar a barriga na festa e fazer uma dança do ventre para ser a despedida dela. Que tal? O que vale é se divertir e dizer adeus à gordura abdominal.

Falando em exercícios divertidos… exercite o amor

É isso mesmo que você está pensando. Além de derreter muitas gordurinhas indesejadas, a atividade sexual ainda tonifica os músculos se praticada com regularidade.

Meia horinha de sexo é o suficiente para queimar de cento e cinquenta a trezentas calorias. Se você transar por uma hora, consegue queimar metade de um Big Mac! Wow!

Mas é preciso se movimentar, afinal de contas, só vai eliminar calorias quem praticar a aeróbica no momento da relação. Então não economize em expressar toda a sua desenvoltura na arte do namoro desnudo e entregue-se! Você ganha duas vezes: durante e depois.

Faça o que quer, não o que você acha que deve

Não adianta se esforçar para correr ou mesmo para fazer uma caminhada no fim da tarde se você odeia isso.

Se, para conseguir o que quer, você está sendo infeliz, busque novas formas de chegar ao seu objetivo.

Encontrar um esporte de que goste pode ser um passo importante para um novo hobby, uma nova paixão à qual se dedicar e, de quebra, um caminho que te leve ao corpo que você idealiza.

Mas lembre-se: esse caminho só vale a pena se você for feliz durante ele.

Dedique-se a uma causa maior

Talvez o empurrão que você precisa para praticar uma atividade física seja a luta por uma causa social.

Muitas ONGs e instituições beneficentes promovem eventos com jogos, caminhadas ou corridas onde captam doações e atraem novos voluntários.

Se você já se cansou da barriguinha, doá-la a alguma instituição na forma de colaboração voluntária pode ser uma boa forma de ganhar alguma coisa em benefício de muitas outras.

Pausa para o café

De manhã você pode tomar um cafezinho para dar mais disposição no começo do dia. Ou talvez depois do almoço, quando bate aquele sono por causa da digestão.

Esse café, além de ajudar na digestão, vai melhorar toda a sua queima de calorias. A cafeína presente no café funciona também como acelerador de metabolismo.

Em outras palavras, você consome suas fontes de energia muito mais rápido e a gordura nem tem tempo de se alojar num quarto-e-sala na sua barriga.

Outra bebida que também dá uma turbinada no processo metabólico é o chá verde. Ambas também vão te dar muita energia e talvez você queira gastar ela de alguma forma mais dinâmica, praticando uma atividade física de sua preferência.

Durma bastante para perder a barriga

Sim, você leu certo. Durma bastante. Esqueceu de ligar o despertador, acordou no susto, meio sem saber onde estava, pegou o celular para ver que horas eram e descobriu que é fim de semana e você não tem que levantar cedo.

Então pode descansar bastante, sem peso na consciência. A expressão “sono de beleza” nunca fez tanto sentido.

Durante o sono nós produzimos hormônios importantes para o crescimento muscular e consequentemente a perda de gordura.

Ou seja: se não quiser se exercitar, pode dormir. O simples fato de ficar com a boca fechada para os alimentos e deixar o seu sistema trabalhar os nutrientes consumidos no dia já vai mandar uns quilinhos embora!

E aí, que tal colocar essas sugestões em prática? Compartilhe a sua opinião nos comentários!

 

Mais disposição com GreenCoffee Slim!

Comentários

Comentários